Mais do que bombons, um chamado para a luta!

Diretoras do SindServSV fazem campanha contra feminicídio e divulgam Assembleia Geral do dia 13 nos locais de trabalho

Neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher, diretoras do SindServSV foram as ruas conversar com as servidoras sobre a importância dessa data e mobilizar para a luta diária contra o feminicídio. Mesmo com o avanço de políticas publicas para mulheres, a desigualdade e violência contra elas ainda é muito grande.

As diretoras do SindServSV ajudam a construir o movimento Mulheres em Ação, que há anos promove eventos e ações como o Encontro de Mulheres Servidoras. Nesta data, elas lançaram a campanha #EuMetoAColherSIM, para informar e conscientizar sobre o feminicídio.

Durante a ação, as diretoras visitaram as servidoras do Hospital Municipal (CREI), Caixa de Saúde e Prefeitura, locais onde se concentram mais servidoras. As trabalhadoras ganharam leques informativos com dados atualizados sobre a violência contra a mulher e onde procurar ajuda.

“No Brasil, a violência contra a mulher tem aumentado cada dia mais, por isso decidimos levar esse tema para a rua. Há muito tempo abordamos o tema e não podemos parar, já que mulheres morrem todos os dias vitimas de feminicído”, afirma Cleide Ferreira, diretora de assuntos femininos do SindServSV.

Por onde passaram, as diretoras foram bem recebidas. As servidoras elogiaram a iniciativa. “A nossa presença como mulher batalhadora e sindicalista é muito importante”, ressalta Cleide.

Segundo ela, a luta é constante para conseguir uma melhor condição de trabalho e passar informações sobre direitos. “A nossa ação não acabou hoje. Iremos continuar neste mês falando sobre o feminicídio e visitando os demais setores”, completou.

As diretoras também mobilizaram as servidoras para a Assembleia Geral da categoria, que será realizada no dia 13 de março, às 18h30, na sede do Sindicato (Rua Visconde de Tamandaré, 234). Em assembleia, a categoria irá discutir a contraproposta da Prefeitura.

Essa ação não serviu apenas para entregar bombom, mas principalmente mobilizar para a luta. Servidoras, vamos buscar o que é nosso!

Comunicação/SindServSV